logo lider noticias

Cunhado de cigana reforça tese de tiro acidental e de ameaça por parte de pai de jovem

Cunhado de cigana reforça tese de tiro acidental e de ameaça por parte de pai de jovem

O cunhado de Hyara Flor Santos Santos Alves, de 14 anos, identificado como Averlon, disse em vídeo que o disparo que vitimou a adolescente teria partido de outro irmão dele, de nove anos. A versão foi reforçada em vídeo também pelo pai dele e do adolescente apreendido nesta quarta-feira (26). Hyara Flor foi morta no dia 6 de julho, em Guaratinga, na Costa do Descobrimento.

“Foi uma brincadeira dele com Hyara. Hyara manobrou e colocou a pistola e não atirou. Ele, como só tem nove anos, colocou, brincando, e atirou. O laudo vai sair. Graças a Deus que meu irmão foi preso [apreendido, na verdade], que a gora verdade vai vir à tona e vocês vão saber de toda a verdade. Eu entendo que ele perdeu a filha dele”.

No áudio, Averlon voltou a dizer que foi ameaçado pelo pai da jovem, Hiago Alves. “Eu tenho prova que a gente foi ameaçado. Tenho áudio de Hiago, tenho áudio e Ricardo, tenho áudio de Tierre. Vou postar tudo”, declarou.

administrator

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *