logo lider noticias

Pai e filha são presos após agredirem médica e paciente morrer durante confusão

Pai e filha são presos após agredirem médica e paciente morrer durante confusão

Irritados com a demora no atendimento, pai e filha quebraram os vidros de um hospital municipal no Rio de Janeiro e agrediram a médica plantonista. Pouco depois, uma idosa de 82 anos, que estava em estado gravíssimo, morreu. André Luiz do Nascimento Soares, de 48 anos, e Samara Kiffini do Nascimento Soares, de 23, foram presos por homicídio doloso.

O caso aconteceu na madrugada deste domingo (16). André foi até o hospital com um ferimento na mão, mas foi orientado pelos funcionários do local a aguardar pois tinham pacientes em estado mais grave na unidade. Ele estava acompanhado de Samara.

Segundo o jornal Extra, os dois já chegaram alterados e se irritaram com o pedido de espera. Por isso, começaram a depredar o local, que teve os vidros das portas, janelas e longarinas quebrados. A dupla também invadiu uma área onde os pacientes mais graves ficam.

Segundo a polícia, alguns dos pacientes diagnosticados com infarto agudo do miocárdio chegaram a deixar a sala para se esconder. Uma médica plantonista foi agredida com um soco no rosto e teve corte na parte interna da boca, recebendo cinco pontos. Por isso, além do homicídio, André também responderá por lesão corporal.

Durante a briga, uma paciente de 82 anos, que estava em estado gravíssimo e necessitava de monitoramento, entrou em parada cardiorrespiratória.

A Polícia Civil relaciona a morte da mulher com o ocorrido. A Secretaria municipal de Saúde (SMS), por sua vez, por meio de nota, afirma apenas que óbito foi constatado uma hora após os dois darem entrada no hospital. A investigação está a cargo da 27ª DP (Vicente de Carvalho).

administrator

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *