logo lider noticias

Pedro Tavares se congratula com Tanque Novo, Várzea Nova e Itaguaçu

Pedro Tavares se congratula com Tanque Novo, Várzea Nova e Itaguaçu

Três municípios baianos que tiveram seus aniversários de emancipação político-administrativa comemorados em fevereiro foram destacados na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) pelo deputado Pedro Tavares (UB): Tanque Novo, Várzea Nova e Itaguaçu. Em moções apresentadas na Casa, Tavares lembrou as origens e se congratulou com as populações das localidades.

Sobre Várzea Nova, que completou 38 anos no dia 25 de fevereiro, o deputado contou que a história do município começa em meados de 1913, quando Zacarias Domingos de Jesus, em busca de uma nova vida, fixa residência no local. “Fugindo de uma epidemia e sezão (malária), o velho Zacarias chega até este território à procura de melhorias para ele e sua família”, contou ele.

Segundo o deputado, a antiga vegetação até então não desmatada, propiciava à região, chuvas bem mais intensas e, com isso, muitas fontes de água potável. “Zacarias mesmo contribuiu muito com a perfuração de várias cacimbas pelos arredores da cidade, sendo que a mais conhecida de todas elas é a que leva o nome de sua segunda esposa, a cacimba de Dona Generosa”.

Com o tempo, acrescentou ele, novos moradores chegaram na região e, a partir daí, o povoado transformou-se em um pequeno centro comercial para localidade da circunvizinhança, trazendo além de benefícios e crescimento socioeconômico.

A exemplo de Várzea Nova, o município de Tanque Novo completou 38 anos de emancipação política no último dia 25 de fevereiro. Distante 766 km de Salvador, o município hoje é uma referência comercial na região. “Essa fazenda era enorme, com uma extensão de mais ou menos nove quilômetros”, contou Pedro Tavares, nesta segunda moção.

Tanque Novo surgiu a partir da povoação da Fazenda dos Furados, adquirida pelos irmãos Prudenciano Alves Carneiro e Juvêncio Alves Carneiro, em 1883. Sobre a origem do nome, ele contou que a partir de um tanque aberto pelo senhor Prudenciano Alves Carneiro e seu filho, Cazuza Alves Carneiro, o popular Cazuzinha.

A terceira moção foi endereçada à população de Itaguaçu, que comemorou 34 anos de emancipação política no dia 24 de fevereiro. Segundo Tavares, o nome Itaguaçu é um termo de origem tupi que significa pedra grande, pela junção de itá (pedra) e gûasu (grande). Antes de ser emancipado, o então distrito pertencia ao município de Xique-Xique.

administrator

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *