logo lider noticias

Três PMs são presos em operação que apura homicídio com tortura no Norte baiano

Três PMs são presos em operação que apura homicídio com tortura no Norte baiano

Três policiais militares foram presos na manhã desta quinta-feira (16) durante a operação “Sub Lege”. Os mandados de prisão temporária e outros cinco de busca e apreensão foram cumpridos em de Jacobina e Pindobaçu, no Norte do estado, em residências dos PMs e na sede do 5º Pelotão de Pindobaçu.

Segundo o Ministério Público do Estado (MP-BA), os policiais são investigados pelo homicídio de Robson da Silva Santos, ocorrido no dia 7 de abril passado. Com os policiais, os agentes apreenderam armas (pistolas, revólver e espingarda), carregadores de pistola, cartuchos e porções de maconha. Conforme a apuração, Robson foi assassinado a tiros em Pindobaçu, sem oferecer resistência, após ser retirado debaixo de uma cama.

O crime teria características de execução sumária, inclusive com emprego de tortura. A apuração também apontou que a vítima já estava sem sinais vitais ao ser levada ao hospital e apresentava múltiplas lesões compatíveis com ação violenta e disparos a curta distância.

O MP-BA disse ainda que as apurações contrariam a versão dos policiais, um capitão e dois soldados, de que a vítima teria resistido à ação policial, o que justificou o uso de força. Os PMs também são investigados por fraude processual. Os mandados de prisão e busca foram expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Pindobaçu.

A Sub Lege foi deflagrada por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas do Norte (Gaeco Norte). Participam das ações equipes da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), por meio do Departamento do Interior (Depin) da Polícia Civil e da Força Correicional Especial Integrada (Force); e da Corregedoria-Geral da Polícia Militar (Correg).

Os três PMs serão encaminhados para a Coordenação de Custódia Provisória, sediada no Batalhão de Choque, em Lauro de Freitas; e para o 12° Batalhão, em Camaçari, ambas cidades na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Fonte: Bahia Notícias

Foto: Divulgação

administrator

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *